Olhar Conceito

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Turismo

Turismo

Cuiabá revitaliza ‘locais esquecidos’ e investe em pontos turísticos dentro da cidade; fotos e vídeo

Da Redação - Wesley Santiago

04 Mar 2018 - 09:00


Cuiabá tem muito potencial turístico. Porém, esta vertente era muito pouco explorada, até que as coisas começaram a mudar há alguns anos, principalmente com a chegada da Copa do Mundo de 2014, que trouxe pessoas de várias regiões e países ao Centro Geodésico da América do Sul. A maioria dos projetos não ficou pronta para o Mundial, mas depois acabaram virando realidade.

Leia mais:
Gestante entra em trabalho de parto e bebê nasce na Orla do Porto; Fotos
 
Parque das Águas
 
Um dos pontos que mais chama a atenção de turistas em Cuiabá é o Parque das Águas. Contando com uma extensão total de 270 mil m², sendo 1.500 metros destinados para pista de caminhada e outros 1.600 metros de ciclovia, além de uma área destinada para bares e restaurantes, o parque tem se caracterizado por oferecer variadas opções de entretenimento nos períodos diurno e noturno.


 
Batizado de “Seo Fiote”, em homenagem Júlio Domingos de Campos, o ponto de lazer possui ainda duas academias ao ar livre e dois amplos estacionamentos, que juntos chegam a aproximadamente 1.000 vagas. “O estacionamento principal possui cerca de 600 vagas e o localizado atrás dos restaurantes deve chegar a 400 vagas. Todas elas são preenchidas durante os fins de semana”, comentou o secretário municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.
 
Existem dias em que o parque chega a receber mais de 10 mil pessoas. Um dos grandes atrativos é a fonte luminosa, que tem 70 metros de extensão e está instalada no centro da Lagoa Paiaguás. Durante as apresentações, são lançados jatos de água de até 70 metros de altura, todos iluminados coloridamente e “dançando” conforme o ritmo de pelo menos 20 canções diferentes, fazendo o famoso “Show das Águas”. Diariamente são realizados dois shows por noite, sendo um às 20h e outro às 21h30.
 
Completando o conjunto, quem passa pelo espaço de lazer pode agora se divertir também com Splash Zone. O equipamento começou a funcionar no fim de setembro do ano passado e já tem sido um grande sucesso entre o público. Com quatro apresentações diárias, iniciando às 18h30 e finalizando às 19h30, o equipamento, direcionado principalmente para crianças e adolescentes, tem caído nas graças dos adultos também.

Olhar Direto - Parque das Águas from Olhar Conceito on Vimeo.

Orla do Porto
 
A Orla do Porto, antes um local esquecido da capital mato-grossense, foi criada com o objetivo de ser um novo ‘point’ da capital durante a Copa do Mundo, não ficou pronta a tempo do Mundial. Porém, acabou saindo do papel e tem se tornado o palco principal de vários shows nacionais que ocorreram em datas comemorativas da Capital.
 
Durante o Carnaval deste ano, a Orla do Porto recebeu quase de R$ 200 mil pessoas, segundo a Prefeitura de Cuiabá. A obra custou R$ 16 milhões, parte dela - cerca de R$ 7 milhões - com recurso por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Atacadão. O restante foi dinheiro da prefeitura.
 
A Vila Cuiabana é destinada para as pessoas que queiram conhecer um pouco da história da Capital mato-grossense. Fotos e trechos de relatos ajudam a reviver do passado até o presente. Em um dos painéis, conta que o primeiro nome de Cuiabá foi Vila Real do Senhor Bom Jesus do Cuiabá. Em 1835, Cuiabá foi elevada à condição de Capital.
 
A Revitalização incluiu a construção de um calçadão com cerca de 1.300 metros na Orla do Rio Cuiabá. O projeto Porto Cuiabá proporciona uma nova área de lazer para os munícipes e turistas, com pista de caminhada, áreas de contemplação do rio, ciclovia, mirante, bares/restaurantes e academias ao ar livre.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet