Olhar Conceito

Quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Notícias / Arquitetura, décor e design

‘Cais do Porto’ terá mirante, deck e área para atividades culturais; obras devem começar em 2018

Da Redação - Isabela Mercuri

16 Out 2018 - 10:44

Foto: IPDU

Projeto do Cais do Porto

Projeto do Cais do Porto

Apesar de ainda não ter sido homologada a empresa vencedora do processo licitatório do Cais do Porto, as obras devem começar ainda em 2018. A informação foi confirmada pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU). O cais terá três níveis, com mirante no piso superior e um deck no inferior, além de um pavimento térreo, área de convívio com dois ambientes para atividades culturais, área de suporte administrativo, copa e sanitários.



Leia também:
Orla do Porto passará por segunda fase do projeto de revitalização

O ‘Cais do Porto’ faz parte das obras especiais para os 300 anos de Cuiabá, que é comemorado em abril de 2019. Ele ficará na margem esquerda do Rio Cuiabá, e “tem como objetivo de sensibilização ambiental, valorizar a história e a cultura cuiabana por meio da ocupação recreativa da estrutura do Cais do Porto, antigo ponto de carga e descarga de mercadorias em área histórica de ponto de chegada e de comunicação desde o período colonial regulamentada pela coroa Portuguesa, época em que o rio era a única rota disponível”, explica o projeto.

As obras ainda não têm data para começar, mas é provável que seja em novembro. “Não tem data ainda porque está correndo o processo licitatório. Estamos na fase de análise de documentos. Se não tiver nenhum questionamento jurídico da empresa que perder, até o final do mês deve ser homologado a vencedora, e a ordem de serviço é dada logo em seguida, em novembro. Mas prefiro não dar data, porque a empresa que perder pode entrar com recurso, aí trava tudo, e isso independete do poder público”, explicou o superintendente do IPDU, arquiteto e urbanista Márcio Puga, ao Olhar Conceito.

A partir da ‘ordem de serviço’, a obra deve ser entregue para a população em até seis meses. Seu custo total é de em R$ 2.416.757,38 milhões, sendo que R$ 2.352.915,02 virão do Ministério do Turismo, e R$63.842,36 da Prefeitura de Cuiabá.

Ainda segundo o projeto, a estrutura em concreto aparente foi construída na década de 60 pelo governo de Pedro Pedrossian, e desativada há algumas décadas. Ela deve abrigar espaços de contemplação para o rio Cuiabá entre as pontes Sergio Mota e Julio Muller. “A estrutura do Cais possui valor histórico e cultural para cidade, o projeto visa adaptar um novo programa arquitetônico a estrutura existente de modo a dar um uso eficiente a estrutura subutilizada”, conclui.

Veja na galeria as imagens do projeto.

33 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JULIANA LIMA
    17 Out 2018 às 09:31

    Aposto que isto foi ideia do WS. Gente, pelo amor de Deus, vamos investir em educação para nossas crianças, em saúde, medicamentos estão faltando nos postos de saúde. Pare de tanta HIPOCRISIA!

  • ADN
    17 Out 2018 às 07:30

    Será que a engenharia cuiabana e mato-grossense previram o período de cheia ??

  • Historiador
    17 Out 2018 às 02:09

    Sinto um cheiro de política do pão e circo vindo por aí...

  • JOSÉ EDUARDO SILVA PENHA
    17 Out 2018 às 01:42

    E o mercado municipal na avenida Isaac povoas com a Joaquim murtinho nada. Ali se gastaria muiiito menos

  • comentarista
    16 Out 2018 às 21:09

    Do que adianta tudo isso, sendo que o principal e salvar o nosso rio que está sendo destruído pelo esgoto que está poluindo o rio Cuiabá...

  • ZÉ PREQUETÉ
    16 Out 2018 às 20:12

    Esse Prefeito esta ficando louco mesmo, existem coisas mais importantes pra fazer

  • Indignado
    16 Out 2018 às 18:10

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • giovanne farias
    16 Out 2018 às 17:48

    Será um lugar pra ser assaltado com estilo, apesar do mau cheio, logicamente.

  • thiag
    16 Out 2018 às 16:37

    mas uma obra feita para ricos e por ricos... Top em!

  • RENATA
    16 Out 2018 às 16:30

    SE NEM NAVIO ATRACA NESTE TAL PORTO, PRA QUE GASTAR COM ESSE TIPO DE OBRA, TEM UM MONTE DE CRECHE E ESCOLA CAINDO, ENTRANDO ÁGUA TODA VEZ QUE CHOVE, POSTOS DE SAÚDE PRECISANDO DE REFORMA, NÃO ESTOU ENTENDENDO O QUE O PREFEITO ESTA FAZENDO COM O DINHEIRO PUBLICO, EM PROJETOS DESTE TIPO.... AINDA BEM QUE NÃO VOTEI NESTE SENHOR...

Redes Sociais

Sitevip Internet