Olhar Conceito

Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Notícias / Turismo

turismo

Associação de hotéis comemora recuperação do setor e traz boas perspectivas para o final do ano

da Redação - Isabela Mercuri

09 Nov 2020 - 18:12

Foto: Reprodução

Associação de hotéis comemora recuperação do setor e traz boas perspectivas para o final do ano
Comemorando o ‘Dia do Hoteleiro’ nesta segunda-feira (9), a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Mato Grosso (ABIH-MT) tem boas perspectivas para o final de ano. Depois de um ano muito difícil para o setor, as taxas de ocupação já apontam recuperação.

Leia também:
CVC oferece voos diretos entre Cuiabá e Maceió para temporada de verão

Ainda longe de se comparar com os anos anteriores, o atípico 2020 cristaliza-se como um marco na história do mercado; em especial pela inovação. De acordo com a assessoria, quem apostou no conceito, saiu na frente e espera fechar o ano com boas expectativas para 2021.

Dados da Associação indicam que a taxa de ocupação média ficou em 39,8%, de janeiro a outubro deste ano. O indicador está bem abaixo de 2019, que foi de 57,5% nesse mesmo período. No entanto, isso indica o pior já ficou para trás, já que em abril, por exemplo, a taxa de ocupação ficou em 5%, o que fez muitas empresas fecharem, enquanto outros ficaram de portas fechadas, como é o caso do Hotel Intercity, que ficou seis meses de portas cerradas e só decidiu retomar as atividades no início do mês passado.

“Vivemos um período de grandes desafios. Afinal, tivemos que manter toda a estrutura, enquanto monitorávamos o melhor momento para a retomada das atividades. Assim que identificamos do aumento da demanda de clientes do corporativo e de pessoas em busca de lazer, decidimos retornar as atividades. Hoje estamos com uma taxa de ocupação média de 40%. É ainda a metade do que tínhamos antes da pandemia. Mas estamos bastante animados com esses números”, analisou a gerente geral do Intercity, Liliane Alcântara. 

Nesta reta final de 2020, o setor projeta uma temporada diferente dos anos anteriores. A aposta está nos atrativos locais, embora o final de ano seja considerado alta temporada principalmente para os destinos de praia. O presidente da ABIH, Jack Abboudi, revela que esse perfil de consumo de produtos turísticos está se adequando a nova realidade imposta pela pandemia. Para ele, quem apostou na inovação se deu bem. E vai além. Ele ainda acredita que vem mais novidades do setor para este final de ano.

“Após passar uma longa temporada em casa por conta do isolamento social, as famílias começaram a buscar momentos de relaxamento. E uma opção segura e confortável são os hotéis que possuem uma boa área de lazer. Diante dessa oportunidade perante a crise, alguns empresários apostaram na elaboração de eventos em datas comemorativas como no Dia dos Namorados, Dia das Crianças e Hallowen, por exemplo”, observou Abboudi.

O presidente considera que o cenário controlado de pandemia - porém não resolvido – fará com que muitas famílias optem por destinos de viagens de lazer próximas de suas origens. “Com recursos mais escassos, muitas famílias darão preferência a destinos mais econômicos. Outro aspecto é o medo de encarar o avião, por conta do ambiente fechado. Muita gente vai dar preferência para viagens mais curtas e de carro”, analisou o presidente.

Protocolos de segurança

Desde o início da pandemia, a ABIH-MT e a Associação Brasileira das Governantas (ABG) estabeleceram protocolos com recomendações, visando garantir a segurança de hóspedes e funcionários, que vão desde o uso indiscriminado de álcool gel, máscaras e protetores faciais. Também foram recomendados cuidados específicos na troca e higienização de toalhas e roupas de cama, além da limpeza frequente dos filtros dos condicionadores de ar, entre outras medidas. Tudo para proporcionar aos hóspedes a tranquilidade, conforto e segurança.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet