Olhar Conceito

Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Notícias / Literatura

DEU NO THE GUARDIAN

Livro de historiador mato-grossense sobre Guerra do Paraguai repercute em jornal britânico

Da Redação - Vinicius Mendes

23 Nov 2021 - 17:22

Foto: DEA/G Dagli Orti/De Agostini/Getty Images

Livro de historiador mato-grossense sobre Guerra do Paraguai repercute em jornal britânico
O livro “A Guerra é nossa: a Inglaterra não provocou a Guerra do Paraguai”, de autoria do historiador mato-grossense Alfredo da Mota Menezes, foi tema de um artigo publicado no jornal britânico The Guardian. A obra afirma que não há provas de que a Inglaterra encorajou ou tomou parte no conflito entre Brasil, Argentina e Uruguai (a Tríplice Aliança) e o Paraguai.
 
Leia mais:
Espetáculo “Studio 90” marca a volta ao palco do Coro Experimental MT
 
A reportagem, de autoria de Laurence Blair, foi publicada nesta terça-feira (23). Ela cita que ainda circulam na região, por meio de livros, jornais e documentários, alegações de que a Tríplice Aliança tinha um “quarto aliado”, que estaria por trás da guerra, o Reino Unido.
 
A publicação foca no livro de Alfredo da Mota Menezes, historiador nascido em Poxoréu (MT), que tem um PhD em História da América Latina pela Tulane University, nos Estados Unidos. A obra considera uma “mentira histórica” a teoria de que o país europeu se envolveu no conflito. O livro cita que o autor afirma que “não há uma linha sequer que prove que a Inglaterra encorajou ou tomou parte na guerra”.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet