Olhar Conceito

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Notícias / Literatura

Escola de filosofia instala 'geladeira-biblioteca' com cerca de 300 livros em praça de Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

17 Dez 2015 - 15:15

Foto: Reprodução / Nova Acrópole

Escola de filosofia instala 'geladeira-biblioteca' com cerca de 300 livros em praça de Cuiabá
Uma geladeira no meio de uma praça pode mudar a tarde de quem passa pelo Jardim Alvorada. Isso porque dentro dela estão cerca de 300 livros, todos disponíveis para quem quiser chegar e ler. Dentre os títulos, “Cem anos de Solidão” e outros romances. Os autores vão de Cecília Meirelles a Machado de Assis, e os gêneros de livros técnicos a infantis.

Leia mais:
Nova Acrópole Cuiabá oferece aula inaugural do curso de Filosofia Prática
Cultura milenar chinesa é tema de palestra na Nova Acrópole Cuiabá nesta quinta-feira

A ideia partiu dos estudantes da Nova Acrópole Cuiabá, uma escola que procura ensinar a filosofia, cultura e voluntariado. A escola na capital mato-grossense é uma das 80 filiais da escola em todo o Brasil.

No último dia cinco de dezembro, dia do voluntariado, depois de cerca de dois meses de preparação, a geladeira foi inaugurada: “Tivemos a ideia de que para ajudar o próximo é preciso começar ajudando os mais próximos. Então decidimos colocar a geladeira na praça que fica aqui do lado da sede da escola”, explica Roni Cezar Almeira, diretor da Nova Acrópole.

A geladeira foi doada, e com recursos próprios eles a adesivaram e envernizaram. Os livros foram adquiridos após uma campanha de doação. “Conversamos com o representante do bairro, que é também dono de uma lanchonete que fica ali, e ele nos ajudou. No dia da inauguração também levamos um bazar beneficente ao local”, explica o diretor. A geladeira fica, também, próxima a um ponto de ônibus, o que oferece um passatempo aos que esperam a condução.

Em pouco mais de dez dias na praça, a geladeira perdeu cerca de 30% de seus livros: “Como fica aqui do lado a gente monitora. Muita gente leva os livros pra casa, e a gente fica monitorando pra ver se vão devolver ou não (...) A ideia é que funcione como uma biblioteca, que as pessoas peguem emprestado”, afirma Roni.

O diretor ainda conta que este é um projeto piloto, e que a ideia é expandir: “Mas pensamos sempre em fazer as coisas por aqui perto porque assim temos como acompanhar”. A geladeira fica na praça do Jardim Alvorada.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet